• 24 de junho de 2024

Ozonioterapia é tratamento complementar disponível na rede

maio 8, 2024

Pacientes de fisioterapia contam com

serviço de ozonioterapia, em Guarujá 

 Terapia é utilizada para melhorar dores crônicas, em pacientes do Centro

de Recuperação e Fisioterapia de Vicente de Carvalho (CERFVC)

 Pensando em ampliar os cuidados oferecidos aos pacientes da rede municipal de saúde, desde outubro do ano passado, a Prefeitura de Guarujá conta com o serviço de ozonioterapia no Centro de Recuperação e Fisioterapia de Vicente de Carvalho (CERFVC), localizado na Avenida São João, 155 - Pae Cará, em Vicente de Carvalho. A prática é realizada de segunda a sexta-feira, no período da tarde, desde outubro do ano passado. O tratamento já é oferecido a cerca de 20 pacientes encaminhados pelo serviço de recuperação e fisioterapia.

 

Utilizada para tratar cerca 250 doenças, a terapia faz parte das Práticas Integrativas e Complementares (Pic) no Sistema Único de Saúde (Sus) e viabilizada no Município, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau).

 

A fisioterapeuta responsável pelo protocolo, Vanessa Amélia, conta que o ozônio possui inúmeras propriedades que são evidenciadas como anti-inflamatórias, antibacterianas, antivirais, antifúngicas e antiparasitárias. “As aplicações proporcionam maior liberação de oxigênio para todas as células, tecidos e órgãos do corpo”, explica.

 

Ela ainda menciona que a terapia está em crescimento e a importância de conversar sobre o assunto, para que os benefícios alcancem mais pessoas. “Aqui no Centro realizamos um trabalho de conscientização dos nossos pacientes, para que conheçam o equipamento, a forma de aplicação e a quantidade de sessões necessárias”, ressalta.

 

A auxiliar de serviços gerais, Olga Evangelista dos Santos é uma das pacientes que usufrui das vantagens do ozônio. Ela tem problemas de mobilidade nos joelhos e, com três meses de aplicações constantes, conseguiu enxergar grande melhora nas dores e também para caminhar. “A dor que sentia era insuportável. Agora, consigo dormir melhor e minha qualidade de vida melhorou muito”.

 

fonte: PMG - foto: Hygor Abreu

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *