• 24 de junho de 2024

Inscrição para FIES segue até sexta (7)

jul 5, 2023

FIES: Unoeste oferece 1.150 vagas na graduação presencial

As ofertas são para os campi de Presidente Prudente, Jaú e Guarujá; inscrições para o programa que possibilita financiamento que varia conforme renda familiar

Por meio do Fies, Samyra da Costa conseguiu financiar 80% da faculdade de Fisioterapia no campus da Unoeste em Jaú (Foto: Cedida)

Depois de concluído na semana passada o período de inscrições para os interessados no Programa Universidade para Todos (Prouni), o Governo Federal abriu nesta terça-feira (4) o prazo para os interessados no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Para quem tem vontade de estudar na Unoeste, por meio do programa, a hora de tentar é agora: o prazo das inscrições segue até às 23h59 desta sexta-feira (7). Para este segundo semestre, a Unoeste solicitou ao Governo Federal um total de 1.150 vagas para todos os cursos de graduação presencial nos campi de Presidente Prudente, Guarujá e Jaú. O resultado com a lista dos beneficiados pelo programa está previsto pra sair no dia 11 de julho.

O Fies é um programa do Ministério da Educação (MEC) que foi instituído pela Lei nº 10.260, de 12 de julho de 2001. O objetivo é conceder financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), caso da Unoeste. O financiamento varia de acordo com a renda familiar do estudante, e a dívida só começa a ser quitada após a conclusão do curso.

Na Unoeste, que tem todos os cursos bem avaliados pelo MEC – a maioria com conceitos excelentes (4 e 5), são ofertadas neste segundo semestre 1.150 vagas do Fies para Prudente (sendo 730 vagas para cursos oferecidos no campus 2 e 310 vagas para cursos oferecidos no campus 1), 70 vagas para Jaú e 40 vagas para Guarujá. A liberação de cada uma dessas vagas depende do MEC, já que é feita de acordo com a região e com a quantidade de cursos oferecidos nessa mesma região. Para conferir os cursos ofertados e efetuar a inscrição, basta acessar o site do programa neste link.

O Blog Unoeste preparou uma material exclusivo com informações úteis e simplificadas sobre o Fies. O esclarecimento de dúvidas sobre como funciona o programa, quem pode se inscrever, como solicitar o financiamento, quem pode ser o fiador para o estudante, entre outras, está tudo lá. Acesse aqui.

Fies em Jaú e Guarujá

Aos 18 anos, a estudante Samyra da Costa conseguiu financiar 80% da faculdade de Fisioterapia no campus da Unoeste em Jaú, por meio do Fundo de Financiamento Estudantil. A aluna que está indo para o 2º termo do curso ingressou na universidade no começo deste ano, e lembra como foi o período logo após a entrega de toda a documentação exigida pelo Fies. “Logo que me inscrevi foi tenso, mas depois que saiu o resultado positivo aí foi uma emoção sem tamanho”, descreveu. Sobre os estudos, contou que sua experiência na Unoeste tem sido excelente. “Tanto pelo aprendizado quanto pelo auxílio dos professores. Essa é uma conquista muito importante na minha vida, pois sem o financiamento não conseguiria cursar minha faculdade no momento”, revelou.

Natural de Aracaju, no estado de Sergipe, a estudante Milena Yanne Santos de Melo, de 23 anos, ingressou no curso de Medicina da Unoeste de Guarujá no começo deste ano, por consequência do Fies. Ela conseguiu financiamento de 80%, o que tem possibilitado ele avançar no curso. “Confesso que o Fies foi o ponto inicial da realização de meu sonho, fazendo com que eu conseguisse iniciar e continuar o curso que eu sempre objetivei. Concomitantemente, a Unoeste foi uma das melhores escolhas que eu poderia ter feito. Apesar da longa distância da minha cidade, a faculdade contribui todos os dias com os melhores acervos possíveis para que a medicina seja o que eu sempre imaginei e até muito mais. Está sendo uma experiência incrível”, contou.

Fies em Presidente Prudente

Quem também ingressou neste ano, por meio do Fies, foi a estudante Jéssica Isadora Oliveira de Carvalho, de 20 anos. Moradora de Regente Feijó, ela conseguiu financiamento de 81% para cursar Medicina Veterinária na Unoeste de Presidente Prudente. Em agosto, inicia o 2º termo do curso que tem cinco anos de duração. “Ter conseguido o Fies foi uma conquista muito importante, pois mesmo tendo passado nos vestibulares eu não teria a condição de estar pagando o valor completo de uma mensalidade. Então o financiamento me abre portas, permite realizar meu sonho do ensino superior. Indico muito a quem assim como eu não tem condições de arcar com o valor integral do curso, pois é uma oportunidade de se permitir dar o primeiro passo”.

Ela também conta que a experiência de estudar na segunda melhor universidade particular de São Paulo tem sido “extremamente gratificante”. “Já tive aulas com professores excepcionais e acesso a recursos excelentes nas aulas práticas nos laboratórios e até na Sala Betha. O curso é exatamente o que eu estava buscando, os professores nos auxiliam com métodos de ensino, aulas práticas. Também já tive a experiência de estar fazendo estágio no Hospital Veterinário da instituição. Foi um momento maravilhoso e repleto de conhecimentos, tanto que nessa pequena experiência eu já enxerguei qual área pretendo seguir futuramente na veterinária, que é a neurocirurgia de pequenos animais”, relatou, empolgada.

O estudante de Ciência da Computação, Allan Maldonado Santos, de 19 anos, está indo para o 2º termo do curso. Também recorreu ao Fies para concretizar o sonho de se especializar na área de informática. Ele conseguiu financiamento de 50%. “Fiquei grato de ter o apoio do Fies e poder ingressar na Fipp [Faculdade de Informática de Presidente Prudente], o que me permite buscar minha formação em uma área tão relevante e promissora. E a experiência de estudar na Unoeste tem sido enriquecedora para o meu crescimento pessoal e profissional. Há muitas oportunidades profissionais e de estudo dentro da universidade, além da boa infraestrutura dos laboratórios, salas e bibliotecas”, finalizou.

Recado importante

Por meio do Fies é possível usar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para pleitear um financiamento das mensalidades de uma instituição de ensino privada.  Mas diferentemente do Prouni, o programa não oferece bolsas de estudos, e sim um “empréstimo”. Neste caso, depois que conclui a graduação, o candidato deverá quitar a dívida em parcelas proporcionais à sua renda. Se você tem interesse, não se esqueça que o prazo de inscrição é somente até esta sexta-feira (7). Quer saber mais sobre as opções de bolsas e financiamentos que a Unoeste tem pra você? Clique aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *